quarta-feira, 23 de março de 2011

SS - Serena e Sofrida... Foz da Líria!

Post atrasado!?!? Sim… eu sei… a tradição por aqui ainda é o que era ! Ehehehe! … Sempre mais vale tarde, que nunca! Ah pois é! Vamos a factos! A chuva era mais que muita, já a deitávamos pelos olhos, boca e nariz! Mas, este Domingo, 20 de Março, tudo apontava para um dia lindo de sol a fazer ver que estamos a um dia do ínicio do período primaveril! Assim foi, tivemos uma manhã repleta de sol, azul celeste e calor qb… uma manhã óptima para reunir uma malta fixe e “pintar a manta” por esses trilhos fora! Assim foi!

No Centro Cívico (Docas) da cidade reuniram-se hoje 7 pró pedal, João Afonso, Abílio Fidalgo, Dário Falcão, Filipe Salvado, (eu) João Valente, Luís Lourenço e Pedro Antunes. A volta tinha sido mais ou menos delineada ao longo da semana, com planos de ida até à zona da Lardosa, recordar alguns dos belos trilhos presenteados pelo Amigo Pinto Infante na “Última do Ano de 2010”! Mas…

Mas… havia malta com necessidades de terminar as lides bttistas mais cedo o que limitava a ida aos recantos da Lardosa! Sugeriu-se então uma voltinha até à sempre sublime Foz da Líria! Espectacular… mas… foi sensivelmente nesta altura que me apercebi que estava diante de um pequeno problema! A minha montada SS com desmultiplicação 34-18 faz um bocado alergia às pendentes daquela zona! Rinorreia persistente, fraqueza, astenia e lentificação são sintomas frequentes quando se depara com elevações significativas como estas! Hummmm… estava bem lixado! Mas para a frente é que é caminho! Siga…

Saímos da cidade pela zona da Barragem da Talagueira, Ribeiro da Seta e Estrada Nacional 233, rumo à Taberna Seca, onde tomámos o café matinal no Café Belo! Ainda pairava no ar um cheiro nicotínico no ar deste café… estranho pois ainda era bem cedo e nenhuma alma por ali andava!! Depressa percebemos que por ali tinham assentado arraiais no dia anterior a “Cambada” e por ali tinham feito umas “Diabruras”!!! Não perceberam??? Dêem uma vista de olhos em AC-Trilhos e Aventuras em “Diabruras da Cambada!

Daqui até a Foz da Líria é sempre a descer… o cenário estava estupendo!! Os campos com as abertas soalheiras que têm “assolado esporadicamente” a região começam a brotar de verde e já há aqui e ali um “flower power” a fazer antever uma Primavera deveras aliciante para a prática desportiva do pedal e do “clic” fotográfico! O Dário era o único que não conhecia esta beleza natural e adorou! Pudera… a paisagem estava fabulosa! Já bastante verde, com o som da água corrente… muito bonito! Um bom palco para a 1ª fotografia de grupo do dia!

Daqui em diante a minha SS iniciou aqueles sintomas esquisitos com a aproximação à longa pendente ascendente até ao Marco Geodésico! Chegou lá bem atafonada, ranhosa, e com a língua de fora…ehehehe… espectáculo de subida! Gradualmente fomos reunindo a malta e seguimos em direcção à Aldeia abandonada Monte Baixo… mais um local desconhecido do Dário, que a pouco e pouco começa a conhecer alguns dos lugares mais bonitos da nossa zona, para a prática do BTT.

Aqui tivemos um momento pedagógico em 2 vertentes! Aula de Biologia… ou seria Botânica (!!) orientada pelo Fidalgo, após a descoberta de Salada de Meruje junto ao fontanário ali presente. Para que conste, Meruge é a Callitriche stagnalis, aparece nos regatos e ribeiros, com maior intensidade durante a caça aos tordos. É uma erva comestível, que pode ser feita isoladamente, temperada com cebola , azeite , vinagre de vinho e sal ou associada com agriões. Segundo o Fidalgo, uma verdadeira delícia!

Momento pedagógico 2, após o single-track das pedras, expliquei ao Dário o que é o Geocaching! Agora que é detentor de um novo receptor GPS’r, poderá dedicar-se também à orientação e prática do Geocaching! Com a geocache do Monte Baixo diante de nós, foi fácil explicar de forma geral no que consiste o jogo e qual o seu objectivo maior! Será que temos novo geocacher!?!?

Daqui em diante… foi Luis Lourisingles e João Alfonsingles no seu habitat natural! Seguiram-se diversos Single Tracks que por ali existem, sendo alguns destes novidades para grande parte do grupo. Foi neste carrocel que tive mais um sintoma malfadado na minha SS, uma perda súbita de ar num dos pulmões (o traseiro), fez com que tivesse de activar a emergência médica do Drº Elolink (Filipe Salvado), expert nestas matérias! Um compasso de espera no grupo, terapêutica certa, umas insuflações manuais com auxílio de bomba… e já está! Senhor Drº… mais uma vez agradecido pela ajuda nestes momentos sempre díficieis!!

Já com destino às Benquerenças, cruzámos um palco de puro “flower power”... ou melhor “Margaça power”… e foi inevitável outra fotografia grupal para compôr as hostes desta manhã de BTT! Para quem ainda não sabe Margaça, é o mesmo que macella, planta herbácea, que serve, em rações, para os cavalos e outros animais. (mais um momento pedagógico!) Ehehehe…

Das Benquerenças à cidade é um saltinho! Chegámos à rotunda do McDonald´s com cerca de 40km’s e ainda faltavam 15 minutos para o meio dia!!! Foi para mim a volta mais curta deste ano! O João Afonso e o Pedro Antunes despediram-se do grupo e seguiram rumo a casa. Os restantes rumaram à Associação do Valongo, onde o Fidalgo ofereceu umas tapas de presunto, chouriça assada e azeitonas, bem regadas com umas médias… é bom ter companheiros a festejar o aniversário nestas alturas! Que contes muitos Amigo Fidalgo… e que a gente veja!

Se este fim-de-semana não fui re-visitar os tesourinhos do baú do Pinto Infante, certamente para a semana também não irei! O dia de BTT será, no meu caso, transferido para Sábado, 26 de Março, onde a aventura, boas e diferentes paisagens estão prometidas! Aguradem pela foto-reportagem… aqui, no BTTHAL Blog.

Até lá,
Portem-se bem

João Valente

6 comentários:

BTT-ALBI disse...

Humm... que belas ! fotos essas duas últimas. Foi uma manhã muito bem passada, pena não vos poder acompanhar até ao final!
Parabéns ao Aniversariante.
1 abraÇo.

Pinto Infante disse...

Bem João enquanto apreciávamos o post(eramos 3 a ler cá no serviço) comentávamos as belas fotos destacando a de grupo em cima da margaça que se encarrega de colorir e de que maneira esta altura do ano. Mas. Mas quando acabámos de ler e ver eram 17H22. Imagina a água na boca com que todos ficámos ao ver este belo presunto e médias....
grande abraço
quando irei ter com vocês!!!???
Pinto Infante

JValente disse...

João Afonso, para a próxima tens de alinhar até ao fim! A chouriça era divinal e a média suada... suculenta!

Pinto Infante, quando quiseres amigo! É só dizeres "vou" e a gente não arranca sem ti!

Abraço a Ambos!

João Valente

Agnelo disse...

Oh valha-me Deus! Então agora o Fidalgo começou a perceber de "saladas". Será que se está a tornar vegetariano, não pode ser. Vai começar a perder barriga? É o desespero!!
Quanto às fotos, tendo em conta a máquina que tens estão fora de série. Eu não faria melhor, apenas tinha limpo a lente naquela última foto de grupo no meio das flores. As curtas mas concisas explicações que tenho dado, estão a surtir efeito, ahahahaha...

JValente disse...

Agnelo Quelhas... de facto o Fidalgo paraece cada vez mais virado ao vegetariano! Em brve verás o home a trepar as subidas que nem uma águia... perdão, leão!!!

Quanto às fotografias... aceito o elogio!Eheheheh... Mas aquela foto da lente suja... não é minha, é do Alfonsingles!!!

Abraço
João Valente

FMicaelo disse...

Boa aventura amigos... eu estava noutras paragens onde as bikes eram igualmente bemvindas - o cenário exigente da Serra da Estrela! Temos de lá voltar em Maio! Ao amigo Fidalgo mais uma vez que contes muitos amigo - abraço especial!