domingo, 1 de março de 2009

Mea culpa às Quartas!

Boas a todos!

Como o título peremtoriamente afirma hoje o post limita-se a fazer um Mea Culpa aos posts que trago em atraso. Desculpas há muitas, mas as verdadeiras cá vão. O trabalho tem sido muito, maioritariamente noturno e exigente. A par disso os poucos tempos livres tem sido esgotados entre algumas voltinhas de BTT - as que aqui vou partilhar e claro está as bikes propriamente ditas. Porque em duas rodas também há novidades! Tudo isto misturado ditou um atraso que espero que não se repita. Vamos então ás aventuras propriamente ditas.

Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!

Na passada quarta feira - 18 de Fevereiro, decidi fazer uma surpresa aos meus companheiros que aparecessem para pedalar. Lá pela casa da quinta, dependurado na divisão do Forno/Fumeiro, tem estado a secar a fracção ensacada, ou melhor, a versão enchida do porquito que habitava a nossa pocilga, e a quem meti a faca no final de Janeiro, cumprindo assim por mais um ano, a bonita e singular tradição beirã da Matação. Não é tanto pela riqueza gastronómica que tal proporciona, mas sobretudo pelo espaço de confraternização familiar que se estabelece, com momentos únicos inolvidáveis entre amigos, cunhados, pais e sogros.

Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!

Ratoneiramente, lá fui, pé ante pé ás varas e desviei uma chouriça de bom porte e uma alheira cheia de sabor, para brindar os companheiros do pedal com os sabores da beira, complementando assim a beleza dos trilhos, calcorreados a pedalar.

Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!

Munido do meu Camelbak XL, lá enfiei um pão caseiro, os ditos enchidos, a minha faquinha da pesca e um panito, ficando ainda na dúvida de enfiar uma garrafita de vinhasca do Almeida Garret. Mas como se calhar só aparecia eu, o AC e o Filipe (este último mais amante da Cola), achei que uma litrada daquele calibre, era muito para dois, pois poderia fazer perigar o equilibrio em cima das duas rodas. Sempre tinhamos a alternativa de umas sagrespam pretas fresquinhas!

Estava bem enganado. Em vez de três, aparecemos 6 para pedalar, nomeadamente eu (FMike), O AC, o Filipe, o Sales, o Álvaro e o JCabarrão, tudo malta bem aviada para o pedal e claro para o petisco!

Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!

Os trilhos tinham como destino a Lousa, onde um dos cafézitos poderia dar-nos o abrigo e as sagrespam para degustarmos tais sabores. Saindo em direcção a Alcains, viramos depois os azimutes aos Escalos de Cima, onde o muito pó e a estrada esburacada são pouco convidativas a grandes passeios. A Lousa estava perto e rapidamente lá chegamos, por aquele bom estradão, já desejosos da dose de cafeína e as habituais barritas para repor os niveis.
.
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!

Mas a dado passo lá começei a pôr a mesa com pompa e circunstancia e rapidamente os meus companheiros trocaram os cafés por sagrespam pretas, as ideiais para a desgustação. Com um misto de supresa dos meus companheiros, rapidamente suplantada pelo sabor no palato, lá passamos mais um bom momento de confraternização, hoje com pano de fundo mais uma aventura gastronómica, proporcionada pelas duas rodas. São estes pequenos bocadinhos que nos fazem sentir vivos e com vontade de continuar.
.
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!

O regresso fez-se pelos trilhos que atravessam a Ribeira de Alpreade, bem bonitos por sinal e adrenalinicos qb, quer a descer, quer a subir. Dali aos estradões de Belgais foi um instantinho, passando depois nas imediações do S. Luis, que passamos recorrendo a um singular single track que já começa a estar bem delineado pela nossa passagem. Entramos em CBranco já bem perto das 13 h e com cerca de 60 km espectaculares, bons momentos e algum colesterol à mistura.

Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!
.
Fotos de Quarta - 18:

A outra quarta feira, foi a do transacto dia 25, em que a malta se juntou para mais uma boa jornada em BTT. O tempo tem ajudado, os trilhos começam a secar e aqui e ali começa a cheirar a Primavera. Está a chegar o tempo em que eu mais gosto de pedalar!
.
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!

Nesta quarta lá nos juntamos eu (FMike), o João Valente, AC, o JCabarrão e o Sales. Desta vez o Filipe não apareceu, provavelmente a gozar umas férias de Carnaval merecidas. Também eu já suspiro por uns diazitos de dolce fare niente. Não há meio das férias chegarem...
.
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!
.
Hoje o AC tinha-nos reservada uma volta por trilhos menos calcorreados e que permitiriam passar junto à aldeia das Azinheiras e na Represa, onde habita o Avô do JValente.
.
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!
.
Saimos por uns trilhos que ziguezagueiam pelos subúrbios da cidade, tendo como destino o Monte da Barreira, que contornamos por um outro lado, começando depois a fazer um misto de sobes e desces junto à A23, que começaram logo por nos aquecer bem as perninhas e fazer disparar a nossa máquina cardíaca. Uma delas era mesmo uma parede que ninguem acabou por completar tal era a exigência cardiovascular.
.
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!
.
Dali às Benquerenças foi um instantinho e depressa entramos na Azinheira, onde aproveitamos para mais uma vez espreitar toda aquela beleza rural abandonada e claro está a nossa Geocache que por ali habita.
.
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!
.
Mais um bocadinho e estavamos já junto ao Avô do João, que com alegria mais uma vez recebeu o neto e os respectivos amigos, com a sua já habitueé garrafinha de jeropiga, que sempre dá uma ajuda para aquecer os mais friorentos. Complementamos a vitamina alcólica com uma dose de cafeína no Ramalhete, ali mesmo ao lado, para depois seguirmos viagem em direcção à Carapetosa.
.
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!
.
Depois da Carapetosa voltamos novamente os azimutes ao Retaxo, fazendo uma passagem nova para mim, que incluia a travessia de um dos tubos da A23. Saindo tal qual "bacorinhos" de uma "porca parideira" (eheheheh - a expressão não é minha! Paga direitos de autor!) lá fomos saindo em grande vitesse do tubo, proporcionando algumas bonitas fotos e uma sensação diferente.
.
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!
.
Dali ás Olelas foi um saltinho, local escolhido para aliviarmos um pouco as pernas e claro está para mais uma foto de grupo com a cidade em pano de fundo.
.
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!
.
Como já cheirava a almoço e a Associação do Valongo estava perto, foi dar corda ás pernas, talega para cima e num instante estavamos à porta do café, sentados na esplanada a pedir sagrespam fresquinhas que a temperatura já as exigia.
.
Foi mais uma excelente voltinha, com cerca de 50 km e um bonito acumulado de quase 1000 m, como que a preparar-nos para os Trilhos da Açafa, que se aproxima a passos largos.
.
Fiquem bem! Vemo-nos nos trilhos, provalvelmente só mesmo em Vila Velha de Rodão
.

3 comentários:

Fidalgo disse...

Realmente tens te baldado aos posts e como já alguem disse, já estava a ficar com o cú quadrado de estar sentado à espera.
Os Pestiscos têm sido muitos?
Um abraço.

FMicaelo disse...

amigo Fidalgo qualquer dia repetimos ao domingo! mas temos que combinar! ehehehe

Phantom disse...

Se os vossos passeios fossem às 5ªs, ainda pedia uma boleia, mas às 4ªs não dá de todo :( Mas vou acompanhando os vossos passeios pelos blogs. Quanto ao geocaching, que iniciei à bem pouco, o da Azinheira e da Serra das Olalas já estão "descobertos". Foi um bom passeio.
Fiquem bem e bons passeios.